A burocracia é a raiz dos males do Brasil

É o que afirma Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), em entrevista à Revista Oeste
-Publicidade-
Flávio Roscoe é presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg)
Flávio Roscoe é presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) | Foto: Divulgação/Fiemg

A burocracia é uma das raízes dos males do Brasil, disse Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), em entrevista concedida à Revista Oeste. De acordo com o empresário, a cultura brasileira permite que o Estado desconfie do cidadão, enquanto na cultura norte-americana ocorre exatamente o oposto: o cidadão desconfia do Estado.

Leia um trecho

“A cultura influencia em tudo. O brasileiro reclama da burocracia, mas não sabe a origem dela. A burocracia surge da desconfiança do Estado em relação às pessoas. Os brasileiros precisam provar que são eles mesmos, um cartório precisa certificar isso. Na cultura norte-americana, por sua vez, ocorre exatamente o oposto: são os cidadãos que desconfiam do Estado. Nos Estados Unidos, não são necessárias diversas declarações para abrir um negócio. Caso o cidadão apresente documentos falsos, terá de responder na Justiça. No Brasil, o Estado encontra formas de controlar as pessoas. Os empregadores simplesmente não conseguem ler todas as obrigações trabalhistas, porque novas regras surgem antes que a leitura termine. A burocracia é uma das raízes de nossos males.”

-Publicidade-

Gostou? Dê uma olhada no conteúdo abaixo.

Além da burocracia

A Edição 96 da Revista Oeste vai além da entrevista com Flávio Roscoe. A publicação digital conta com reportagens especiais e artigos de Silvio Navarro, J.R. Guzzo, Ana Paula Henkel, Guilherme Fiuza, Rodrigo Constantino, Caio Coppolla, Gabriel de Arruda Castro, Cristyan Costa, Brendan O’Neill, Luis Kawaguti, Bruno Meyer, Dagomir Marquezi e Pedro Henrique Alves.

Startup de jornalismo on-line, a Revista Oeste está no ar desde março de 2020. Sem aceitar anúncios de órgãos públicos, o projeto é financiado diretamente por seus assinantes. Para fazer parte da comunidade que apoia a publicação digital que defende a liberdade e o liberalismo econômico, basta clicar aqui, escolher o plano e seguir os passos indicados.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Bingo!

    Mas eu iria além. É a burocracia que sustenta o cartorialismo, e a origem de tudo está na moral. Somos o povo mais golpista do mundo!

    Quando a TI começou a agilizar os processos resultando em eficiência, eu observei que a humanidade demorou milênios para aperfeiçoar as relações baseadas no papel (e seus antecessores). Com a informatização, uma informação importante pode, simplesmente, deixar de existir, dependendo de quem detém o poder. Junte a isso, o nosso “infalível”, “infraudável” e “ágil” sistema de justiça, e a probidade de nossos juízes.

    Um caso que foi divulgado recentemente na mídia foi a suspeita levantada por esquerdistas de terem seus dados alterados em sistemas do governo federal (SUS), que é de direita (enfatizo: é apenas suspeita!).

    Qual país do mundo tem tantas fraudes online como o Brasil? O Brasil era o campeão mundial de cheques devolvidos.

    Eu odeio burocracia e cartórios, mas o fato é que é difícil conceber um Brasil sem eles. Esse é o preço que pagamos por sermos tão “espertos” e “criativos”.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.