-Publicidade-

Aviação no Brasil deve recuperar 80% de seu movimento em dezembro

Voos chegaram diminuir mais de 90% durante a pandemia
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Voos chegaram a diminuir mais de 90% durante a pandemia

Aviação na pista de decolagem | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em dezembro de 2020, o movimento de voos deve atingir 80% do resultado registrado no mesmo mês de 2019 no Brasil. A projeção foi apresentada pelo secretário de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, em um seminário promovido pelo Ministério de Infraestrutura sobre as perspectivas do setor.

A aviação civil chegou a registrar quedas superiores a 90% no país nos meses com maior restrição de circulação em razão da pandemia. A média de 2,5 mil voos diários caiu para cerca de 200. Glanzmann afirma que a projeção apresenta números impressionantes, mas pondera que as receitas das empresas aéreas ainda não estão em nível satisfatório. “São números impressionantes comparados com os de outros países da América do Sul”, disse. “O desafio é a recuperação da receita, que ainda está baixa, e estamos acompanhando a alta temporada, e como vai proceder.”

Voos internacionais

A Secretaria de Aviação Civil estima que os voos internacionais devam ter uma recuperação de 45%. Segundo Glanzmann, a retomada mais lenta acontece por conta da indefinição em outros países. “No mercado internacional, a retomada é mais lenta porque dependemos de outros mercados e precisamos da abertura”, explicou.

Leia também: “Turismo no Brasil perde 44% do faturamento durante a pandemia”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês