-Publicidade-

BNDES agiliza concessão de parques nacionais

Instituição já tem mapeado cerca de 100 unidades, entre federais e estaduais
BNDES registra venda recorde de ações da Vale | Foto: Andre Melo/Estadão Conteúdo
BNDES registra venda recorde de ações da Vale | Foto: Andre Melo/Estadão Conteúdo | BNDES registra venda recorde de ações da Vale | Foto: Andre Melo/Estadão Conteúdo

Instituição já tem mapeado cerca de 100 unidades, entre federais e estaduais

bndes
BNDES registra venda recorde de ações da Vale | Foto: Andre Melo/Estadão Conteúdo

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, pretende encerrar 2021 com o lançamento de um pacote que inclui parques nacionais e unidades de conservação, para serem repassados à iniciativa privada. Segundo o executivo, a proposta é fomentar o turismo e incentivar a preservação ambiental. “É muito comum vermos a discussão ambiental sob a ótica do copo meio vazio, da pressão internacional e do estresse, mas o outro lado é muito mais valioso. Até que enfim o mundo está precificando, valorando e querendo remunerar ativos verdes”, afirmou Montezano.

O BNDES já vinha estudando modelos de concessão envolvendo parques nacionais. Hoje, já tem mapeado cerca de 100 unidades, entre federais e estaduais, com potencial de serem concedidas. O próximo passo, até o fim deste ano ou início do próximo, é firmar acordos com a União e governos estaduais para modelar os projetos de repasse à iniciativa privada. As licitações começarão pelos parques nacionais do Iguaçu (PR), de Jericoacora (CE) e dos Lençóis Maranhenses (MA), que foram inseridos no Programa Nacional de Desestatização em dezembro de 2019, cujas concessões já estão sendo desenhadas pelo banco.

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês