Buser capta R$ 700 milhões e espera crescer 10 vezes em dois anos

Startup faz fretamento colaborativo, o que permite viagens de ônibus até 60% mais baratas
-Publicidade-
Ônibus com a logomarca da Buser | Foto: Reprodução
Ônibus com a logomarca da Buser | Foto: Reprodução

A startup Buser, maior plataforma brasileira de intermediação de viagens de ônibus, anunciou nesta quinta-feira, 10, que conseguir obter investimentos no valor de R$ 700 milhões. Com a nova captação, a empresa apresentou um plano de investimento de R$ 1 bilhão para os próximos dois anos.

A Buser pretende focar na diversificação dos serviços e aposta no reaquecimento do mercado de turismo interno no pós-pandemia. A expectativa é crescer 10 vezes até o final de 2022. A maior parte dos recursos veio do fundo LGT Lightrock, também investidor de negócios como Creditas e Dr. Consulta.

-Publicidade-

Leia mais: “Blau Farmacêutica anuncia nova fábrica em Pernambuco”

Fundada em 2017, a startup atua no “fretamento colaborativo”, modalidade na qual os passageiros dividem a conta final do frete. Isso permite que as viagens sejam até 60% mais baratas que as realizadas pelas viações tradicionais. Prestes a completar quatro anos de operação, a empresa já conta com quase 4 milhões de clientes.

“Com o novo aporte, vamos continuar crescendo em número de passageiros, viagens e parceiros e nos preparando para a retomada do turismo, que vai chegar”, afirma Marcelo Abritta, co-fundador e CEO da Buser.

LGT Lightrock

A LGT Lightrock já ajudou a alavancar startups brasileiras que revolucionaram seus mercados, como a CargoX, a Creditas e o Dr. Consulta. O fundo é conhecido por sua presença em negócios que buscam resolver grandes problemas estruturais da sociedade.

No caso da Buser, a LGT enxerga oportunidade para melhorar o serviço de transporte rodoviário no país combatendo a concentração do mercado. Desde 2017, a LGT já investiu quase R$ 2 bilhões em nove empresas na América Latina.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site