-Publicidade-

Caminhoneiros não paralisaram as rodovias federais

Algumas associações de classe ligadas aos condutores convocaram uma paralisação que seria iniciada nesta segunda-feira, 1º

Nesta segunda-feira, 1º de fevereiro, o Ministério da Infraestrutura e a Polícia Rodoviária Federal emitiram um comunicado divulgando que as rodovias federais não estão bloqueadas. “Todas as rodovias federais, concedidas ou sob gestão do Dnit  [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes], encontram-se com livre fluxo de veículos, não havendo nenhum ponto de retenção total ou parcial”, informou a nota às 9 horas.

Leia também: “Greve de caminhoneiros terá baixa adesão, garante Tarcísio” 

Algumas associações de classe ligadas aos caminhoneiros convocaram uma paralisação que seria iniciada hoje, em razão do aumento do preço dos combustíveis no país. Entretanto, outras entidades que também representam os condutores não concordaram com a convocação.

A CNTTL (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística), a ANTB (Associação Nacional de Transporte no Brasil) e o CNTRC (Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas) são favoráveis à parada. Porém, a CNTA (Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos) e a Abrava (Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Autônomos) são contrárias.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês