Carros elétricos: vendas no país crescem 115% no 1º trimestre

Foram 9.844 unidades comercializadas no período, segundo relatório da Associação Brasileira do Veículo Elétrico
-Publicidade-
Apesar de aumento, participação de mercado dos eletrificados ainda é baixa
Apesar de aumento, participação de mercado dos eletrificados ainda é baixa | Foto: Volvo/ Divulgação

As vendas de carros eletrificados leves no país apresentaram crescimento de 115% no primeiro trimestre de 2022, apontou relatório da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). Ao todo, foram 9.844 unidades comercializadas, contra 4.582 no mesmo período em 2021.

Os números referem-se à soma das vendas de automóveis híbridos (aqueles que consomem energia do próprio carro, com baixa autonomia elétrica), híbridos plug-in (com bateria maior, que pode ser carregada na tomada e maior autonomia de rodagem elétrica) e 100% elétricos.

Com 3.851 emplacamentos de eletrificados, março foi o terceiro melhor mês na história da medição da ABVE (desde 2012), superado apenas por dezembro e agosto de 2021, com, respectivamente, 4.545 e 3.873 carros colocados no mercado.

-Publicidade-

O desempenho do trimestre eleva a frota total de eletrificados leves no Brasil a 86.986 veículos. A expectativa da entidade é que esse patamar rompa o dos 100 mil veículos em circulação ainda neste semestre.

“O consumidor brasileiro já dá preferência aos veículos de baixa emissão de poluentes. Os números são claros: nos dois anos de pandemia, os eletrificados cresceram exponencialmente, enquanto o mercado de veículos a combustão regrediu”, comentou Adalberto Maluf, presidente da ABVE.

“Mas a participação de mercado dos eletrificados ainda está abaixo do potencial do país. Apenas 2,6% no primeiro trimestre. Temos de avançar muito mais. Considerando somente os veículos elétricos plug-in, esse porcentual cai para 0,8%”.

Liderança da Toyota

Os híbridos flex a etanol fabricados no Brasil pela Toyota (Corolla e Corolla Cross) ampliaram a liderança do mercado brasileiro de eletrificados, de acordo com a ABVE. Os modelos responderam por 65% das vendas do segmento em março, com 2.504 unidades, de um total de 3.851.

Os números de vendas do primeiro trimestre de 2022

HEV (elétricos híbridos)

  • Janeiro: 1.542 – 60% do total de eletrificados no mês (2.558)
  • Fevereiro: 2.344 – 68% (de 3.435)
  • Março: 2.825 – 73% (de 3.851)
  • 1º trimestre: 6.711 – 68% (de 9.844)

PHEV (elétricos híbridos plug-in)

  • Janeiro: 649 – 25,5% (de 2.558)
  • Fevereiro: 689 – 20% (de 3.435)
  • Março: 507 – 13% (de 3.851)
  • 1º trimestre: 1.845 – 19% (de 9.844)

BEV (elétricos 100% a bateria)

  • Janeiro: 367 – 14,5% (de 2.558)
  • Fevereiro: 402 – 12% (de 3.435)
  • Março: 519 – 13,5% (de 3.851)
  • 1º trimestre: 1.288 – 13% (de 9.844)

Leia também: “A segunda onda de carros chineses começou”, reportagem publicada na Edição 106 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.