Confiança do comércio já recupera 92% das perdas da pandemia

Indicador da FGV avançou 10,5 pontos de julho para agosto em quarta alta consecutiva.
-Publicidade-
Confiança do comércio jpa está 92% recuperada da crise do coronavírus | Foto: Pikist
Confiança do comércio jpa está 92% recuperada da crise do coronavírus | Foto: Pikist | confiança do comércio, fgv, julho, indicador econômico

Indicador da FGV avançou 10,5 pontos de julho para agosto em quarta alta consecutiva

confiança do comércio, fgv, julho, indicador econômico
Confiança do comércio jpa está 92% recuperada da crise do coronavírus | Foto: Pikist

O Índice de Confiança do Comércio, da Fundação Getulio Vargas (FGV), evoluiu 10,5 pontos de julho para agosto. Foi a quarta alta consecutiva do indicador, que chegou a 96,6 pontos, em uma escala de zero a 200, e recuperou 92% da confiança perdida durante a pandemia.

-Publicidade-

A confiança subiu nos seis principais segmentos do comércio pesquisados pela FGV. Houve altas tanto no Índice da Situação Atual, que mostra a avaliação do empresário do setor no momento presente e que cresceu 13,6 pontos (para 102 pontos), quanto no Índice de Expectativas, que aponta a confiança no futuro e que aumentou 6,8 pontos (para 91,3 pontos).

“A confiança do comércio mantém a tendência de recuperação, com expressiva alta em agosto. Apesar dos resultados positivos, a velocidade da recuperação não tem sido homogênea entre os segmentos. Os consumidores estão se mostrando cautelosos e a incerteza se mantém elevada, dificultando a elaboração de cenários mais claros da tendência da confiança nos próximos meses“, afirma o pesquisador da FGV Rodolpho Tobler.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Agora é preciso monitorar a falta de matéria prima para indústria, comércio e serviços, pois alguns setores como móveis estão tendo problemas com matéria prima, além de uma boa parte delas terem aumentado os preços. A economia precisa recuperar e é preciso atenção na matéria prima para que não fiquemos com setores paralisados.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.