-Publicidade-

Devido à pandemia, União suaviza cobrança de R$ 300 bi em dívidas

O socorro abrangeu dos pequenos aos grandes devedores
Devido à pandemia, União suaviza cobrança de R$ 300 bi em dívidas
Devido à pandemia, União suaviza cobrança de R$ 300 bi em dívidas | Foto: Reprodução/Canva

A União suspendeu, renegociou ou adiou a cobrança de parcelas no ano passado de quase R$ 300 bilhões em dívidas que tem a receber de empresas e pessoas físicas.

Desde março, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) adotou medidas de flexibilização de cobrança da dívida ativa com vistas a não estrangular ainda mais devedores que perderam receita durante a pandemia.

O socorro abrangeu dos pequenos aos grandes devedores — estes com débitos a partir de R$ 15 milhões e vários com débitos de bilhões com a União.

Leia também: “Brasil registra mais de 2 milhões de novas empresas no ano da pandemia”

Com informações do Valor Econômico

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês