Dólar fecha acima de R$ 5 pela primeira vez; Bolsa cai 13,92%

O resultado foi influenciado pelas incertezas provocadas pela pandemia de coronavírus.
-Publicidade-

Em março, a moeda americana acumula alta de 12,62%

O dólar comercial bateu novo recorde e fechou a segunda-feira 16 em alta de 4,86%, cotado a 5,04 reais na venda.

-Publicidade-

O resultado foi influenciado pelas incertezas provocadas pela pandemia de coronavírus.

Sem considerar a inflação, esta é a primeira vez que a moeda americana fecha acima da marca de 5 reais, desde a criação do Plano Real.

A alta é a maior desde 18 de maio de 2017, quando o dólar subiu 8,15% em razão dos áudios divulgados entre o empresário Joesley Batista e o então presidente Michel Temer (MDB).

Nas casas de câmbio, a moeda chegou a ser comercializada a 5,20 reais.

Já o Ibovespa, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, fechou em queda de 13,92%, aos 71.168,05 pontos.

Por duas vezes, o circuit breaker, suspensão temporária dos negócios, precisou ser acionado.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.