Donos da empresa de sucos Cutrale serão julgados em Londres

Produtores rurais movem ação na Justiça contra exportadora acusada de praticar cartel
-Publicidade-
1,5 mil produtores participam de ação na Justiça
1,5 mil produtores participam de ação na Justiça | Foto: Cocamar/Fotos Públicas

A Suprema Corte de Justiça do Reino Unido aceitou julgar uma ação movida por 1,5 mil produtores brasileiros de laranjas contra José Luis Cutrale e seu filho, José Luis Cutrale Jr., donos da Cutrale, com sede em São Paulo. A empresa é a segunda maior produtora de suco de laranja do mundo.

O processo é consequência do cartel praticado por grandes produtoras de laranja entre 1999 e 2006. A prática foi admitida formalmente ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em 2016. À época, os envolvidos firmaram um acordo com o Cade para desembolsar R$ 301 milhões.

“Trata-se de uma decisão justa”, afirmou à Revista Oeste Antonio de Queiroz, sócio da Sociedade Rural Brasileira. “Muita gente honesta acabou deixando o mercado depois do que aconteceu”, disse. Um grupo de produtores pede reparação pelos danos financeiros causados.

-Publicidade-

A ação na Inglaterra foi possível porque José Luis Cutrale se mudou para Londres depois de operações de busca e apreensão em sua casa e em seu escritório em 2006, em iniciativa contra o cartel comandada pelo Cade e pelo Ministério Público do Estado de São Paulo.

O processo é movido pelo conjunto de produtores, com a coordenação da Associtrus, que representa os produtores independentes, e a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo.

Justiça

Apesar de a ação ser apenas contra Cutrale e seu filho, a legislação brasileira prevê a solidariedade entre todos os envolvidos em práticas anticoncorrenciais, o que também viabilizará pedidos de indenização dos produtores que venderam laranjas para as empresas Dreyfus, Cargill e Citrosuco.

Nota atualizada em 8 de novembro de 2021, às 14h40. Diferentemente do que estava escrito na primeira versão desta matéria, o processo é movido pelo conjunto de produtores, com a coordenação da Associtrus e não pela SRB.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.