‘É legal, foi declarada’, diz Paulo Guedes sobre offshore

'Não houve movimento cruzando as fronteiras, trazendo dinheiro do exterior ou mandando dinheiro', afirmou o ministro
-Publicidade-
Paulo Guedes voltou a afirmar que sua empresa no exterior foi declarada à Receita
Paulo Guedes voltou a afirmar que sua empresa no exterior foi declarada à Receita | Foto: Edu Andrade/Ascom/ME

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a afirmar nesta sexta-feira, 8, que não há nenhuma ilegalidade na empresa que possui nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal. O chefe da equipe econômica também rechaçou qualquer conflito de interesse, pois deixou a empresa antes de assumir o ministério.

“Sobre a offshore, ela é legal. Ela foi declarada, não houve movimento cruzando as fronteiras, trazendo dinheiro do exterior ou mandando dinheiro ao exterior. Desde que eu coloquei dinheiro lá, em 2014 e 2015, eu declarei legalmente”, disse Guedes ao participar de uma live promovida por uma instituição financeira.

Leia mais: “Congresso aprova convocação de Guedes para ouvi-lo sobre offshore

-Publicidade-

No último fim de semana, um grupo chamado Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (CIJI) obteve documentos e vazou informações sobre a offshore do ministro da Economia. Conforme noticiou Oeste, ter empresas desse tipo não é crime, desde que sejam declaradas à Receita Federal, como é o caso de Guedes.

Segundo o ministro, os recursos depositados no exterior estão com administradores independentes, “em jurisdições nas quais minhas ações não têm influência de jeito nenhum”. “Eu saí da companhia dias antes de vir aqui [para o governo]. Eu dei todos documentos”, afirmou.

Leia também: “Voluntariamente, Guedes vai enviar esclarecimentos sobre offshore: ‘Factoide’”

Guedes disse ainda que, ao entrar no governo, acabou perdendo dinheiro porque vendeu seu patrimônio adquirido no setor privado. “Quando construí maravilhosos projetos para o Brasil em educação, saúde… Eu vendi tudo em investimentos, sabendo que eu estaria coletando agora. Perdi muito dinheiro vindo aqui para evitar problemas. Tudo que estava nas minhas mãos, que eu estava investindo, eu vendi ao preço do investimento”, completou.

Leia também: “Em protesto contra Guedes, MST vandaliza sede da Economia”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.