Economia brasileira crescerá mais que o previsto, assegura FMI

Organização revisou os cálculos referentes ao PIB deste ano: de 3,6% para 3,7%
-Publicidade-
O ministro da Economia, Paulo Guedes
O ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Fundo Monetário Internacional (FMI) garantiu nesta terça-feira, 6, que a economia brasileira vai crescer em 2021 mais que o previsto. A organização estima que o Produto Interno Bruto (PIB) será de 3,7%, alta de 0,1 ponto porcentual, se comparada às previsões iniciais divulgadas em janeiro. Para 2022, a expansão foi mantida em 2,6%. O aumento do PIB brasileiro é menor que o calculado para outros países da região. A economia do México, por exemplo, deve avançar 5% em 2021 — alta de 0,7 ponto porcentual em relação a janeiro — e 3% em 2022. A melhora nos números brasileiros se deve à recuperação da manufatura global no segundo semestre do ano passado, segundo o FMI.

Leia também: “A moralidade dos mercados”, artigo de Ubiratan Jorge Iorio publicado na Edição 53 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.