-Publicidade-

Economia brasileira deve crescer 3% em 2021, aponta CNI

Projeção é mais pessimista em relação à calculada em dezembro de 2020
Segundo a Confederação Nacional da Indústria, a economia brasileira crescerá em 2021
Segundo a Confederação Nacional da Indústria, a economia brasileira crescerá em 2021 | Foto: José Carlos Daves/Futura Press/Estadão Conteúdo

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) piorou levemente sua projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) do ano, para um crescimento de 3%, contra alta de 4% calculada em dezembro de 2020, conforme relatório conjuntural publicado nesta segunda-feira, 22. A revisão para baixo foi motivada pelo recrudescimento da pandemia de covid-19 no país. A doença, no entanto, terá um impacto econômico mais leve do que no ano passado. No cenário-base da CNI, de maior probabilidade, o PIB industrial deverá saltar 4,3%, acima da média da economia brasileira. Em dezembro, a variação em 12 meses do IPCA deverá ser de 4,7%, de acordo com as projeções do órgão. O porcentual é acima do centro da meta do Conselho Monetário Nacional para o ano e dentro da margem limite (5,25%).

Leia também: “Mercado aumenta projeção para inflação pela 11ª semana seguida”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.