-Publicidade-

Pesquisa mostra que 35% dos bares e restaurantes do Brasil fecharam definitivamente

Demora na reabertura após confinamento social da pandemia do coronavírus deixou setor sem ter como pagar os custos de manutenção
35% dos restaurantes brasileiros não voltarão a abrir as portas após a pandemia | Foto: GNUMarcelo/Flickr
35% dos restaurantes brasileiros não voltarão a abrir as portas após a pandemia | Foto: GNUMarcelo/Flickr | bares, restaurantes, fechamento, abrasel, anr, coronavírus, crise do coronavírus

Demora na reabertura após confinamento social da pandemia do coronavírus deixou setor sem ter como pagar os custos de manutenção

bares, restaurantes, fechamento, abrasel, anr, coronavírus, crise do coronavírus
35% dos restaurantes brasileiros não voltarão a abrir as portas após a pandemia | Foto: GNUMarcelo/Flickr

Pesquisa realizada pela Associação Nacional dos Restaurantes (ANR) em coordenação com a consultoria Galunion aponta que 35% dos bares e restaurantes brasileiros fecharam definitivamente durante a pandemia.

Realizado entre os dias 5 e 17 de junho, o levantamento também mostrou que outros 15% dos empresários do setor acreditam que não conseguirão manter os negócios após a reabertura.

Apesar dos dados alarmantes, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, optou por não permitir a retomada até o dia 6 de julho, mesmo depois da cidade entrar na fase amarela de flexibilização, que possibilita, no âmbito estadual, que bares, restaurantes e salões de beleza voltem a operar.

“Cada semana que passa o número de restaurantes que não conseguirão reabrir aumenta e, se considerarmos o alarme falso de sexta-feira, esse contingente ainda pode subir”, lamenta o presidente da ANR, Cristiano Melles.

De acordo com o executivo, muitos proprietários acreditaram que voltariam a abrir neste fim de semana e investiram o pouco recurso que ainda tinham em estoques, que terão de ser jogados fora com a inabilidade do gestor paulistano.

Outro dado que mostra o drama pelo qual passa o setor é o de crédito: 76% das empresas que tentaram obtê-lo, não conseguiram. A maioria teve de se valer da MP 936 para suspender contratos de trabalho.

Nem mesmo o recém-aprovado Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) deve ajudar, segundo Percival Maricato, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

“Ainda há restrição de faturamento, e a maioria não receberá a ajuda”, explica. ” É preciso financiamento para reposição de estoque, recontratação de funcionário e para que o empresário consiga colocar toda essa engrenagem para funcionar”.

Melles chama a atenção para outro problema: o período reduzido em que os estabelecimentos poderão permanecer abertos.

“Pedimos para que ao menos possamos separar, manter o restaurante aberto por três horas durante o almoço e três horas durante o jantar. Seria ao menos uma saída, mas nossos pedidos não têm eco”, lamenta Melles. “Fazemos reunião, e eles falam que entendem o setor, mas as medidas vêm muito diferentes do que foi conversado”.

Leia também: Prefeitos do ABC decidem só reabrir restaurantes e bares em 6 de julho

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

  1. Vejam como o.presidente estava certo. Milhares de pequenos empresários falidos . Desemprego. Vidas atordoada. Isto também e cuidar de vidas. Isto também provoca mortes.

  2. Tudo para reconquistar o poder!
    Mas, pelo que se observa, através do voto a esquerda não o retomará tão cedo. Daí o desespero!
    Delenda est Bolsonaro, gritam eles em coro com o STF.
    Bolsonaro até 2026!

    1. Está cavando a própria COVAS incoerência fecha hospital de campanha Pacaembú por zerar internações e prorroga abertura de bares e restaurantes por capricho e quebra de braço com o Governador

  3. Esses bastardos que defenderam o confinamento horizontal…. políticos e “vagabundos” de alto coturno, juntamente com a legião de brasileiros idiotas que engoliu sem questionar as globelezas apregoando o “fique em casa” sem o menor pudor…..
    Quanta hipocrisia…! Vão arder todos no inferno pois terão matado muito, mas muito mais gente com essa estratégia tola, medrosa e totalmente descabida de comprovação técnica!

  4. a #ImprensaTerrorista composta por jornalistas analfabetos, despreparados e esquerdistas são corresponsáveis por ENGANAR e MENTIR para a população como o tal #FiqueEmCasa. Em São Paulo, a situação é tão dramática que os dois irresponsáveis do PSDB, conseguiram a proeza de espalhar a Peste Chinesa para o Brasil, ser campeão dos óbitos e da destruição da economia do Estado e do Brasil. Tudo pela ganância e do esquema com a CHINA do LOBISTA João Escória. Prisão imediata por crime de responsabilidade e improbidade de Pé na Cova e João Dólar $$. #NãoVoteNoPSDB

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês