Empresário lança fundo contra o capitalismo progressista

Iniciativa pretende se opor a modismo corporativo que mistura consciência social com excelência de negócios
-Publicidade-
Vivek Ramaswamy escreveu livro sobre a onda de consciência social em empresas
Vivek Ramaswamy escreveu livro sobre a onda de consciência social em empresas | Foto: Reprodução

O empresário Vivek Ramaswamy lançou nos Estados Unidos uma iniciativa que promete combater os excessos do capitalismo progressista. O empreendedor disse que levantou US$ 20 milhões para iniciar um fundo que vai incentivar as empresas a não se envolverem em questões sociais ou ambientais polêmicas.

Ramaswamy, que fez sua fortuna em startups farmacêuticas e sucesso com o livro Woke Inc., sobre a geração obcecada por consciência social, manifestou que a iniciativa vai entrar na guerra cultural que envolve grandes companhias. O empreendedor batizou a iniciativa de ‘capitalismo de excelência’, um movimento focado em deixar as empresas fazerem o que fazem melhor.

A empresa chamada Strive está longe de Wall Street. O fundo vai ser gerido a partir do Estado natal de Ramaswamy, em Ohio, bem no centro dos Estados Unidos, um tradicional reduto conservador. O fundo tem entre os seus investidores Peter Thiel, fundador da plataforma de pagamentos PayPal.

-Publicidade-

O criador do Strive disse que a iniciativa visa a combater o que chama de “cartel ideológico”. O empresário cita especificamente os grupos BlackRock Inc., Vanguard Group e State Street Corp., fundos que cresceram pressionando as empresas a melhorarem a diversidade, reduzirem suas emissões climáticas e adotarem outras mudanças sociais.

Em um exemplo recente, os três grupos se posicionaram contra a Exxon Mobil na disputa contra um pequeno fundo que havia criticado a estratégia de mudança climática do gigante petrolífero e estava buscando assentos no conselho.

Em entrevista ao Wall Street Journal, Ramaswamy falou mais sobre a iniciativa financeira.

“A maioria dos norte-americanos quer que as empresas fiquem fora da política”, disse Ramaswamy. “Eles querem ter um espaço onde fazem compras, onde trabalham e onde investem, à parte dos lugares onde votam ou se envolvem em debates políticos.”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.