EUA e China se comprometem a implementar acordo comercial

As tensões entre Washington e Pequim aumentaram por causa de divergências sobre o coronavírus.
-Publicidade-
Foto: Casa Branca
Foto: Casa Branca

As tensões entre Washington e Pequim aumentaram por causa de divergências sobre o coronavírus

Foto: Casa Branca
-Publicidade-

Representantes dos Estados Unidos e da China se comprometeram nesta sexta-feira, 8, a implementar o acordo comercial costurado entre as duas maiores potências econômicas mundiais.

O vice-primeiro-ministro da China, Liu He, conversou por telefone com o representante de comércio norte-americano Robert Lighthizer e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

Após tensões e discordâncias sobre a pandemia de coronavírus, os dois países demonstraram uma atitude mais conciliadora na área econômica.

O acordo EUA-China foi anunciado em 15 janeiro, depois de quase dois anos de guerra comercial.

Segundo o pacto, Washington deveria suspender os aumentos de tarifas e Pequim intensificar as compras de produtos norte-americanos em 200 bilhões de dólares durante dois anos, na comparação com os números de 2017.

Troca de acusações

Como registra a agência France-Presse, os sinais positivos contrastam com a dura troca de acusações entre os países nas últimas semanas devido à pandemia de covid-19.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou na semana passada impor novas tarifas comerciais à China, país que ele acusou de responsável pela pandemia e suas consequências econômicas.

O secretário de Estado, Mike Pompeo, afirmou no último domingo, 3, que tinha “enormes evidências” de que o vírus teria origem em um laboratório na cidade de Wuhan — uma declaração que a televisão pública chinesa classificou de “insana”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site