Federal Reserve anuncia redução de estímulos à economia norte-americana

Banco diminuirá compra de títulos em US$ 15 bilhões por mês a partir de novembro
-Publicidade-
Governo norte-americano lançou pacote de estímulos para reduzir impactos da pandemia
Governo norte-americano lançou pacote de estímulos para reduzir impactos da pandemia | FED/Divulgação

O Federal Reserve (FED), o banco central norte-americano, delineou planos para começar a reduzir neste mês de novembro o estímulo bilionário que tem injetado na economia norte-americana durante a pandemia. O banco reduzirá a compra de títulos, que hoje está na ordem de US$ 120 bilhões (R$ 666 bilhões) mensais.

A decisão foi anunciada após dois dias de reunião do Federal Open Market Committee. As compras de títulos de dívida pública norte-americana serão reduzidas em US$ 10 bilhões por mês, e os bônus atrelados a hipotecas cairão US$ 5 bilhões mensalmente, segundo o jornal Financial Times.

O anúncio marca uma mudança das políticas estabelecidas em março de 2020 para combater a desaceleração da economia norte-americana e o desemprego causado pela pandemia de covid-19.

-Publicidade-

O presidente do FED, Jerome Powell, disse esperar que o crescimento econômico americano se fortaleça ainda neste ano. Porém, ele afirma que o mercado “pode ser paciente” em relação ao aumento das taxas de juros.

O anúncio ocorre em um momento em que a inflação sobe no mundo todo e as cadeias de suprimento encontram dificuldades de atender à demanda por produtos represada pela pandemia.

Leia também: “Inflação dos Estados Unidos sobe e fica acima do esperado”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.