-Publicidade-

Fórmula 1 teve prejuízo de R$ 2 bilhões em 2020

Um dos fatores para o resultado foi a queda de 41% na receita gerada com os eventos ao redor do mundo
Ocorreram apenas 17 das 22 etapas programadas
Ocorreram apenas 17 das 22 etapas programadas | Foto: Divulgação/Redes Sociais

A Liberty Media, detentora dos direitos comerciais sobre a Fórmula 1, teve prejuízo de US$ 386 milhões em 2020 — o que equivale a R$ 2 bilhões. Um dos fatores para o resultado foi a queda de 41% na receita gerada com os eventos ao redor do mundo. A diminuição foi de US$ 2,022 bilhões (em 2019) para US$ 1,145 bilhão (no ano passado).

Em 2020, a Fórmula 1 ficou interrompida até julho em razão da pandemia. Nos meses seguintes, quando as corridas foram retomadas, as etapas reduziram-se de 22 para 17. Eventos-chave como os Grandes Prêmios de Mônaco, Singapura e São Paulo não puderam ocorrer.

Leia também: “Falta de publicidade e licitação para a contratação fundamentaram a decisão”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.