Governo anuncia bloqueio de R$ 2,6 bilhões em gastos do Orçamento

Contingenciamento anunciado pelo Ministério da Economia nesta quinta tem a intenção de cumprir a regra do teto de gastos

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Ministério adota medida de contingenciamento para cumprir teto de gastos
Ministério adota medida de contingenciamento para cumprir teto de gastos | Foto: Afonso Marangoni/Revista Oeste

Por meio do Ministério da Economia, o governo federal anunciou nesta quinta-feira, 22, um bloqueio de gastos de R$ 2,63 bilhões no Orçamento deste ano. O contingenciamento tem a intenção de cumprir a regra do teto de gastos. A informação consta no Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias, da Secretaria do Tesouro Nacional.

Com o novo bloqueio no Orçamento deste ano, o total de recursos contingenciados, considerando as limitações anteriores, passou de R$ 7,9 bilhões para R$ 10,5 bilhões.

No entanto, as áreas em que as restrições de Orçamento vão ser implementadas ainda não foram detalhadas pelo governo. Os bloqueios deverão constar em um decreto presidencial a ser editado até o fim de setembro.

-Publicidade-

Da mesma forma, também não foi informado se o contingenciamento vai reverter a liberação de emendas parlamentares feitas nas últimas semanas.

O secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago, afirmou que o governo vai efetuar os bloqueios nas despesas livres, que estão entre R$ 19 bilhões e R$ 20 bilhões neste ano, entre as quais constam R$ 3,8 bilhões nas emendas de relator, também chamadas de “Orçamento secreto”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.