Governo anuncia R$ 10 bi para enfrentar o desemprego

O Ministério da Economia anunciou a que vai ajudar a pagar o seguro-desemprego dos trabalhadores que tiverem redução de salários e jornadas. A medida visa enfrentar os impactos econômicos causados pelo coronavírus.
-Publicidade-
Produção de veículos. Foto: Divulgação/Hyundai
Produção de veículos. Foto: Divulgação/Hyundai | vendas - veículos - novos - maio

Recursos são do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), valor será equivalente a 25% do seguro-desemprego e se destina a trabalhadores que recebem até dois salários mínimos

Imagem mostra uma fábrica produzindo carros leves

-Publicidade-

O Ministério da Economia anunciou que vai ajudar a pagar o seguro-desemprego dos trabalhadores que tiverem redução de salário e jornada. A medida visa a enfrentar o impacto econômico causado pelo coronavírus.

O programa terá um custo de R$ 10 bilhões e usará recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).  Cerca de 11 milhões de trabalhadores devem ser beneficiados.

A medida destina-se àqueles que ganham até dois salários mínimos, e o valor será uma antecipação de 25% do seguro-desemprego.

Com informações Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site