Governo federal vai reduzir imposto sobre importação de absorvente e fralda

Alíquota para ambos os produtos caiu de 12% para 10%
-Publicidade-
Alíquota para absorventes e fraldas caiu de 12% para 10%
Alíquota para absorventes e fraldas caiu de 12% para 10% | Foto: Reprodução/Pexels

O Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex), do Ministério da Economia, reduzirá os impostos cobrados sobre a importação de absorventes e fraldas. De acordo com a pasta, a alíquota para ambos os produtos caiu de 12% para 10%.

A Camex aprovou ainda a diminuição do Imposto de Importação sobre um dos principais insumos desses produtos, o SAP. A alíquota para adquirir o item baixou de 8% para 7%. Segundo o Ministério da Economia, o objetivo é resolver o problema da falta de acesso da população a produtos básicos de higiene.

Covid-19

-Publicidade-

Ainda nesta quinta-feira, 18, a Camex decidiu estender, até 30 de junho de 2022, a resolução que zera o Imposto de Importação sobre 643 itens usados no enfrentamento da pandemia. A lista inclui medicamentos, equipamentos hospitalares, itens de higiene pessoal e outros insumos.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.