Governo vai estender auxílio emergencial ‘por dois ou três meses’, diz Guedes

Ministro da Economia não detalhou o valor das novas parcelas
-Publicidade-
Guedes: renovação do auxílio emergencial 'por dois ou três meses'
Guedes: renovação do auxílio emergencial 'por dois ou três meses' | Foto: Edu Andrade/Ascom/ME

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse, nesta terça-feira 8, que o governo vai “possivelmente” renovar o auxílio emergencial por mais dois ou três meses. Com isso, a etapa atual, prevista para encerrar em julho, pode ser ampliada até setembro ou outubro.

“Possivelmente nós vamos estender agora o auxílio emergencial por mais dois ou três meses, porque a pandemia está aí”, afirmou o ministro, durante um evento do setor de serviços.

“Os governadores estão dizendo que, em dois ou três meses, a população brasileira adulta vai estar toda vacinada. Então, nós vamos renovar por dois ou três meses o auxílio, e logo depois entra, então, o novo Bolsa Família, já reforçado”, disse Guedes.

-Publicidade-

O ministro não forneceu detalhes sobre a nova etapa do auxílio, como o valor das novas parcelas. Atualmente, o valor pago está entre R$ 150 e R$ 375. Ele também não detalhou a reformulação do programa Bolsa Família, que está em estudo pela área econômica e pelo Ministério da Cidadania.

Leia também: “Pacheco afirma que o auxílio emergencial pode ser prorrogado”

Com informações do portal G1

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro