Guedes afirma que reforma tributária ‘não vai ter grande novidade’

'Gostaria de fazer uma reforma tributária um pouco mais ampla, não é momento, mas não vamos desistir', afirmou o ministro da Economia
-Publicidade-
Ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Bruno Rocha/Estadão Conteúdo
Ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Bruno Rocha/Estadão Conteúdo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira, 8, que a reforma tributária “não vai ter grande novidade” e “será moderada”. Após a Comissão Mista da Reforma Tributária apresentar parecer sobre a proposta, a cúpula do Congresso decidiu fatiar o texto para tentar viabilizar sua aprovação.

“Gostaria de fazer uma reforma tributária um pouco mais ampla, não é momento, mas não vamos desistir. Vamos fazer o que é possível agora, simplificação, redução de alíquotas. O presidente Jair Bolsonaro está decidido a continuar com a transformação que começamos”, pontuou Guedes em videoconferência com a Frente Parlamentar do Setor de Serviços.

-Publicidade-

Leia mais: “Guedes afirma que PIB deve crescer entre 4% e 5% em 2021”

Segundo o ministro da Economia, a CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) pode ter duas alíquotas, uma mais baixa para comércio e serviços e outra mais alta para a indústria.

Na proposta enviada pelo governo ao Congresso, há a previsão de unificação do PIS/Cofins, criando a CBS, com uma alíquota única de 12%, o que gerou grande resistência principalmente do setor de serviços. “Não queremos de jeito nenhum aumentar imposto para serviços”, afirmou Guedes.

Prazos

Em outro evento nesta terça-feira, organizado pelo Bradesco BBI com investidores internacionais, o ministro da Economia voltou a falar sobre as reformas. Ele disse acreditar que, nos próximos três a quatro meses, o Congresso Nacional aprovará as reformas administrativa e tributária.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site