Guedes fala em ‘zerar tarifa’ de importação de produtos com reajustes ‘abusivos’

Ministro da Economia adiantou, no entanto, que essa decisão pode ter um custo político
-Publicidade-
Paulo Guedes, ministro da Economia, estuda alternativas para conter a inflação
Paulo Guedes, ministro da Economia, estuda alternativas para conter a inflação | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou na quinta-feira 11 que o governo federal pode “zerar a tarifa” de importação de “um ou dois setores” nos quais estaria havendo uma série de reajustes excessivos de preços. O objetivo da medida, de acordo com o chefe da pasta, seria controlar a taxa de inflação, que já ultrapassou os dois dígitos no acumulado dos últimos 12 meses.

Na semana passada, o governo anunciou a redução em 10% das tarifas de quase 90% dos itens sujeitos ao imposto de importação, com exceção dos já abrangidos pelo Mercosul. A medida estará em vigor até o dia 31 de dezembro do ano que vem.

Leia também: “Um monstrengo que paralisa o governo”, reportagem de Edilson Salgueiro publicada na Edição 84 da Revista Oeste

-Publicidade-

“Conseguimos baixar 10%, foi uma luta difícil. Podemos aprofundar, pegar alguns itens em que está havendo abuso de reajuste de preço e baixar”, afirmou Guedes ao participar de um evento promovido por um banco, em São Paulo. “Estou tentando sempre fazer tecnicamente o mais correto, uniforme para todos, mas, de repente, você pega um ou dois setores que estão abusivos e pode zerar a tarifa.”

Guedes adiantou, no entanto, que essa decisão pode ter um custo político. “Tem sempre problema político, vai perder 50 votos na reforma tal. Congressistas representam interesses e você tem de conviver com isso, mas é parte da solução para acelerar o ritmo de abertura”, afirmou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.