-Publicidade-

Guedes pede ao Congresso para destravar privatizações

"Vamos limpar a pauta. Está lá todo o destravamento da nossa retomada", declarou o ministro
Titular da Economia está otimista com a mudança de comando no Congresso
Titular da Economia está otimista com a mudança de comando no Congresso | Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fez um apelo ao Congresso Nacional para acelerar a agenda de privatizações. Até o momento, o governo federal não conseguiu se desfazer de uma estatal sequer. Para Guedes, a pauta garantirá a retomada sustentável da economia brasileira este ano, bem como a aprovação dos marcos regulatórios — o das ferrovias, por exemplo, tem capacidade de atração de investimentos estimados em R$ 100 bilhões.

“Vamos limpar a pauta. Está lá todo o destravamento da nossa retomada”, declarou o ministro, em entrevista coletiva, na segunda-feira 25, ao reconhecer que foi preciso mudar a ordem de prioridades no ano passado, em razão do surto de covid-19. Entre outros pontos, Guedes afirmou que, com a perspectiva de mudança no comando da Câmara e do Senado e por entender que “o Congresso é reformista”, espera retomar a agenda de reformas assim que os trabalhos legislativos voltarem.

Leia também: “‘O Congresso impede as privatizações’, diz Salim Mattar”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. DÁ DÓ DO PAULO GUEDES, COM CAPACIDADE, ESFORÇO E VONTADE QUE AS CONDIÇOES PARA MELHORAR O PAIS SEJA PRA ONTEM. PORÉM ELE AINDA NAO CONSEGUIU COMBINAR COM OS “RUSSOS”, CLASSE POLITICA QUE NÃO ESTÁ NEM AÍ PARA QUE TAL ACONTEÇA

  2. Sou contra as Privatizações, vê se França, China entre outros países privatizam suas grandes corporações, o Brasil já vendeu a Maioria do Patrimônio, Empresas e multiplicou sua dívida por dez, vejam quanto o Brasil, do Regime Militar, deixou de dívidas em 1984 e Quantas Estatais, todas Lucrativas, tinha na época, e Quantas Estatais têm agora é quase tô de dívidas têm o país. O Problema das Estatais não é por ser Privada ou do Governo, o problema de de moralidade dos Gestores e isso tem formas de blindar as Empresas, no Governo do PT N Estatais dava prejuízo, no primeiro ano do Bolsonaro, todas passaram a dar Lucros. Os Correios dos EUA foram privatizados só o Filé Mignon, o osso continua com o Post Office que no ano passado deu 2,4 bilhões de dólares de prejuízo para o Bolso do cidadão americano.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês