Indústria de São Paulo opera em patamar 8,1% superior ao pré-pandemia

É o que aponta o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
-Publicidade-
Na média da produção nacional, a indústria chegou em janeiro de 2021 a patamar 3,7% superior ao de fevereiro de 2020
Na média da produção nacional, a indústria chegou em janeiro de 2021 a patamar 3,7% superior ao de fevereiro de 2020 | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A indústria paulista já opera 8,1% acima do patamar de fevereiro de 2020, ou seja, do momento pré-pandemia, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal — Produção Física Regional, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O avanço de 1,1% na produção do Estado de São Paulo em janeiro ante dezembro deu a maior contribuição positiva para a expansão de 0,4% na indústria nacional do mês. O crescimento na indústria paulista, maior parque fabril do país, foi influenciado, principalmente, pelo setor de veículos automotores, seguido pelo segmento de máquinas e equipamentos, apontou Bernardo Almeida, gerente da pesquisa do IBGE. Além de São Paulo, outros sete de 15 locais operam em ritmo superior ao de fevereiro do ano passado: Santa Catarina (13,2%), Ceará (11,7%), Paraná (10,7%), Rio Grande do Sul (10%), Minas Gerais (9,9%), Pará (4,1%) e Pernambuco (3,3%). Na média da produção nacional, a indústria chegou em janeiro de 2021 a patamar 3,7% superior ao de fevereiro de 2020.

Leia também: “Agronegócio brasileiro alimentou 772 milhões de pessoas em 2020”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.