Revista Oeste - Eleições 2022

Investidores entram na Justiça para barrar privatização da Eletrobras

Acionistas minoritários afirmam que repasse da participação acionária da empresa para União é pequeno
-Publicidade-
Privatização é questionada na Justiça | Foto: divulgação Eletrobras
Privatização é questionada na Justiça | Foto: divulgação Eletrobras

A Associação Brasileira de Investidores (Abradin) entrou com uma ação civil pública na Justiça do Rio de Janeiro na quinta-feira 9 para tentar barrar a privatização da Eletrobras. O grupo alega que os investidores minoritários estão sendo prejudicados na operação.

O pedido feito à Justiça é em caráter liminar, ou seja, a decisão pode sair a qualquer momento. Na inicial da ação, os acionistas afirmam que não foram realizados estudos independentes para avaliação das subsidiárias de Itaipu e Eletronuclear. As duas empresas serão transferidas para a União com a privatização da Eletrobras — sem o pagamento adequado da contraprestação, segundo a Abradin.

Na ação, os advogados afirmam quea participação acionária da Eletrobras em Itaipu deve ser transferida à empresa pública de controle da União por R$ 1,2 bilhão — o valor é considerado pequeno pelos acionistas.

-Publicidade-

Por fim, a associação declara que a privatização da Eletrobras está sendo feita de maneira rápida por causa do período eleitoral.

O Tribunal de Contas da União aprovou em 18 de maio deste ano, por 7 votos a 1, a continuidade do processo de privatização da Eletrobras. Dos oito ministros que votaram, apenas Vital do Rêgo foi contra. O aval da Corte de contas é uma vitória para o governo Bolsonaro.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. Essa classe minoritária não passa de adeptos da esquerdalha, que se lucupletam nas mordomis antigas, seja em cargos, salarios ou outras benesses, tudo que essa turma
    mais ama, infelizmente vão levar as barras da corte militante, essa vive de atrapalhar
    o progreso do País, interferindo no Executivo e legislativo, onde foi aprovado a privatização.

  2. Minoritários são isso msm, menores, não podem interferir nas decisões da maioria. Estão sempre fazendo cálculos estrambóticos para ganhar um dinheirinho a mais. Nesta ação, só quem vai encher as burras são os advogados.

      1. Estava demorando pra um lambedor de saco de bandido corrupto, que chama os outros de bezerro so pq sua mãe e uma vaca, aparecer por aqui

  3. A turma das tetas não desiste, acabou vão mamar nas tetas secas da Venezuela, cubosta, Nicarágua ou Argentina. Vaza cambada de esquerdopatas.🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.