Maksoud Plaza fecha as portas depois de 42 anos

Inaugurado em 1979, foi o primeiro hotel cinco-estrelas de São Paulo
-Publicidade-
Maksoud Plaza, um dos mais tradicionais hotéis de São Paulo, fechou as portas depois de 42 anos
Maksoud Plaza, um dos mais tradicionais hotéis de São Paulo, fechou as portas depois de 42 anos | Foto: Marcelo Isola/Divulgação

O Maksoud Plaza, um dos mais tradicionais hotéis de São Paulo, fechou as portas nesta terça-feira, 7, depois de 42 anos de operação. O processo de recuperação judicial iniciado no ano passado foi concluído, e o anúncio oficial do fechamento foi feito em conjunto pela HM Hotéis, administradora do estabelecimento, e pela Hidroservice Engenharia, sua controladora.

O Maksoud foi vendido por R$ 132 milhões para o grupo de logística JSL. Os cerca de 170 funcionários do hotel foram informados sobre o fechamento na manhã de hoje — eles cumprirão contrato até o fim do ano, quando o prédio será entregue para os donos do Grupo JSL, os empresários Fernando e Jussara Simões.

Em setembro do ano passado, a HM Hotéis entrou com um pedido de recuperação judicial. Segundo a empresa, em 2011 o prédio do hotel e o seu terreno já haviam sido arrematados em leilão da Justiça do Trabalho para o pagamento de dívidas trabalhistas, mas o processo estava suspenso.

-Publicidade-

Na segunda-feira 6, depois de um acordo com os empresários que venceram o leilão, o processo de recuperação judicial foi finalizado.

“A crise sanitária causada pela covid-19 teve enorme impacto sobre os setores de hospitalidade”, lamentou a assessoria do hotel em nota. “O Maksoud Plaza ficou fechado pela primeira vez em sua história entre março e setembro de 2020. Isso causou prejuízos que superam R$ 20 milhões.”

Ainda de acordo com o comunicado, “o fechamento do hotel se dá em momento oportuno, dada a necessidade de reestruturação financeira do grupo ao qual pertence, afetado por dívidas herdadas de empresas extintas”.

História

Localizado na esquina da Rua São Carlos do Pinhal com a Alameda Campinas, o Maksoud Plaza é considerado um dos principais símbolos arquitetônicos de São Paulo.

Inaugurado em 1979, foi o primeiro hotel cinco-estrelas da capital. Ao longo de sua história, o local hospedou lideranças políticas, astros da música e do cinema e celebridades, além de membros da realeza.

Ficaram hospedados no hotel os príncipes Rainier e Albert, de Mônaco, a primeira-ministra do Reino Unido Margareth Thatcher, o então secretário-geral da ONU Kofi Annan, o cantor João Gilberto, a banda de rock Rolling Stones, a atriz francesa Catherine Deneuve, o cineasta espanhol Pedro Almodóvar, o icônico pianista norte-americano Ray Charles, entre outros.

Em 1981, o Salão Nobre do Maksoud foi palco de uma apresentação do cantor Frank Sinatra. Entre os anos 1980 e 1990, o 150 Night Club, localizado nas dependências do hotel, recebeu astros como Tom Jobim, Dorival Caymmi, Julio Iglesias, Etta James e Buddy Guy.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.