Marinha assina nesta quinta-feira contrato de R$ 9 bilhões para construir navios

Fragatas terão capacidade de lançar mísseis e torpedos pesados
-Publicidade-

Fragatas terão capacidade de lançar mísseis e torpedos pesados

A Marinha vai formalizar nesta quinta-feira, 5, no Rio de Janeiro, um contrato de R$ 9,1 bilhões para a compra de quatro fragatas.

-Publicidade-

Este contrato, celebrado com o consórcio Águas Azuis, será o primeiro da área militar do governo do presidente Jair Bolsonaro.

Os navios serão construídos na cidade de Itajaí, em Santa Catarina.

O consórcio é formado por três empresas: a alemã Thyssenkrupp Marine System e as brasileiras Atech e Embraer Defesa e Segurança.

A primeira fragata será entregue em 2024 e a última em 2028.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site