Mercado dos EUA tem máxima histórica de vagas de trabalho abertas

Em junho, o país teve 6,7 milhões de novas contratações
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Unsplash
Foto: Reprodução/Unsplash

De acordo com o Departamento de Estatísticas do Trabalho do governo dos Estados Unidos, o mercado do país fechou junho com 10,1 milhões de vagas de emprego abertas. Divulgado nesta segunda-feira, 9, o número representa uma nova máxima histórica para o sexto mês do ano.

Leia também: “Obama faz festa de aniversário com centenas de convidados e aglomeração”

O relatório Job Openings and Labor Turnover Survey (Pesquisa de Vagas de Emprego e Rotatividade de Mão de Obra, em tradução livre) aponta que a quantidade de contratações subiu para 6,7 milhões e os desligamentos avançaram para 5,6 milhões. A taxa de demissões permaneceu em 0,9%, empatada com o resultado de maio — o menor já registrado.

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. Os EUA não tem uma CLT com 980 artigos, não tem Justiça do Trabalho e tem uma forma de arrecadação de tributos simplificada. O resultado é trabalho e renda para milhões de pessoas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro