Mercado Livre paga até 70% das cirurgias de gênero de funcionários trans

Benefício será disponibilizado apenas para as pessoas que trabalham há um ano ou mais na empresa
-Publicidade-
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na segunda-feira 24, o Mercado Livre, empresa de comércio eletrônico, afirmou que vai cobrir até 70% dos gastos com cirurgias de gênero dos funcionários trans. O benefício é limitado a até US$ 5 mil (cerca de R$ 27 mil, em conversão direta) por procedimento e será válido apenas para as pessoas que trabalham há um ano ou mais em qualquer unidade da companhia, inclusive no Brasil.

“Queremos que nossos profissionais escolham o Mercado Livre porque se identificam com nosso propósito, valores e cultura”, disse a diretora de Pessoas do Mercado Livre no Brasil, Patrícia Monteiro de Araújo, em um comunicado divulgado à imprensa. “No entanto, também reconhecemos como alguns benefícios podem promover o bem-estar das pessoas trans. É por isso que estamos ampliando nossos esforços com benefícios tangíveis.”

Para auxiliar os funcionários, a empresa oferecerá 15 dias de licença médica remunerada por ano para as cirurgias de gênero. Além disso, ajudará no pagamento de fiança do aluguel de imóveis e aconselhará juridicamente os trabalhadores trans durante o processo de alteração de nome e sexo no registro civil.

-Publicidade-

De acordo com a diretora de Diversidade e Inclusão do Mercado Livre para América Latina, Angela Faria, a fiança terá cobertura de 100%. “O preconceito é ainda uma barreira grande para as pessoas trans, em vários aspectos, inclusive no momento de firmar um contrato de aluguel, quando ainda há muita desconfiança sobre a finalidade do imóvel.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

11 comentários Ver comentários

  1. Afinal Qual o problema de alguém querer arrancar o bilau? ou querer tomar alguma Droga experimental? não me forçando arrancar o meu ou tomar Drogas experimentais vai fundo amigão, e viva a liberdade e ao respeito a liberdade alheia!

  2. É louvavel uma empresa COBRIR GASTOS COM CIRURGIAS DOS FUNCIONARIOS, seja a cirurgia ou tratamento que for, mas isso tem de ser de GRAÇA, NAO UM FINANCIAMENTO PRA TORNAR O FUNCIONÁRIO ESCRAVO IMPEDINDO O DE PROCURAR OUTRO EMPREGO CASO QUEIRA.

  3. Humm entendi, tipo pagar a medicação de alto custo de um funcionário ou parente próximo do mesmo não rola, ou até mesmo um curso superior ou quem sabe um intercâmbio no exterior também não, o negócio é ajudar com até $5k para o João virar Maria aí tudo bem? kkkkkkkk , Merdado Livre vamos ver quanto tempo vão aguentar segurar essa insanidade, meu dinheiro não verão nunca mais.

  4. ENTÃO O PRODUTO QUE COMPREI E RECEBI SEMANA PASSADA FOI O ÚLTIMO PELO MERCADO LIVRE.
    ASSIM COMO O MAGALU, NÃO VOU MAIS AJUDAR A FINANCIAR ESSAS…
    ESSAS…
    EMPRESAS.

  5. Obrigado ML, graças a atitudes idi0tas como essa para ajudar esse bando de imb3cis alienados do cara lho é que futuramente vamos começar a pagar ainda mais caro por tudo que consumimos aqui na América Latrina, ou trouxas como somos, devemos acreditar que se trata de uma crise de caridade para com aqueles que não tem o que fazer e pensar da vida e que as empresas irão absorver tais custos sem repassá-los? Isso é a bizarrice no seu momento máximo empresarial.

  6. Boa tarde amigos da Revista Oeste,
    Minha saudosa avó Philomena já dizia…”vcs vão ver coisas que até mesmo Deus duvida”. Esse mundo anárquico, desdenhando de tudo e de todos, onde não se respeita mais os costumes e cultura tradicionais da família cristã, acho que estamos vivendo e vivenciando já faz alguns anos, o juízo final, um apocalíptico.😔😔😔😞😔😞

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.