Mercado Livre recebe US$ 233 mi do Goldman Sachs para avançar em crédito

Do total, US$ 106 milhões serão ofertados no Brasil
-Publicidade-
Mercado Livre é uma das maiores plataformas de <i>e-commerce</i> do Brasil
| Foto: Divulgação/Mercado Livre
Mercado Livre é uma das maiores plataformas de e-commerce do Brasil | Foto: Divulgação/Mercado Livre

O Mercado Livre acaba de levantar US$ 233 milhões em financiamento privado com o Goldman Sachs, para acelerar o negócio de sua fintech Mercado Pago. O valor será direcionado para o aumento da concessão de crédito para pequenas e médias empresas parceiras da plataforma no Brasil e no México. Do total levantado, US$ 106 milhões serão ofertados ao Brasil e US$ 127 milhões ao México.

Nascido na Argentina, a empresa tem cerca de 140 milhões de usuários únicos, sendo 74 milhões apenas de brasileiros, ou 53% das vendas da plataforma nos 19 países em operação. Mais de 40% da receita líquida vem do Brasil.

Com os novos recursos, o Mercado Livre deve chegar à marca de US$ 1 bilhão em capital para bancar os negócios de crédito, segundo o diretor de estratégia e operações de crédito do Mercado Crédito, Facundo Cuppi.

-Publicidade-

“O ecossistema do Mercado Livre é uma plataforma única para melhorar o fluxo de capital para empresas sem acesso a crédito no sistema financeiro tradicional”, disse o diretor-geral e chefe de mídia tecnológica e telecom para América Latina do Goldman Sachs, Santiago Rubin, em nota.

Desde o ano passado, o banco norte-americano já injetou US$ 485 milhões na plataforma. O Mercado Livre conta com 11 milhões de vendedores em sua plataforma e registra uma média de 34 vendas por segundo. Mais de 36 milhões de usuários utilizam alguma solução do Mercado Pago atualmente.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.