Multinacional francesa Vallourec faz cortes na Europa e transfere produção para Brasil

Fechamento de fábricas na Alemanha, França e Reino Unido gera empregos para brasileiros
-Publicidade-
As dívidas acumuladas explicam os cortes nas fábricas europeias
As dívidas acumuladas explicam os cortes nas fábricas europeias | Foto: Reprodução/Vallourec

A Vallourec, multinacional francesa que fabrica tubos de aços usados para perfurar petróleo e gás, vai cortar cerca de 2950 empregos na Europa e fechar fábricas na Alemanha, França e Reino Unido. As dívidas acumuladas – só a operação alemã perdeu € 100 milhões anuais nos últimos anos – estão entre as maiores razões para o anúncio feito pela companhia.

O fechamento da fábrica na Alemanha vai fazer com que sejam cortados 2400 empregos no país. “Essas decisões devem permitir que a Vallourec permaneça lucrativa, quaisquer que sejam as condições do mercado”, disse Philippe Guillemot, nomeado CEO em março com a tarefa de melhorar os resultados.

A única boa notícia dessa história é que parte da produção da Vallourec vem para o Brasil. As vagas de empregos já começaram a aparecer em Minas Gerais. A companhia, com sete unidades no Brasil, busca profissionais de níveis médio, técnico e superior.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários Ver comentários

  1. Puxa, esses franceses que virão para cá não têm medo de serem sufocados pela fumaça que vem das queimadas na Amazônia? De qualquer modo, sejam bem-vindos!

  2. Que Boa notícia!!!! O governo precisa “desamarrar” a economia para deixar um ambiente de negócios saudável…. Tive familiar que foi embora para a Alemanha junto com a empresa a qual trabalhava. Governo Dilma…. Será que repetiremos está tragédia de novo???? Pelas conversas do José Dirceu…. Parece que sim.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.