-Publicidade-

Novo Minha Casa, Minha Vida acolherá mais de 1 milhão de pessoas

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, garantiu que a medida também ampliará o número de empregos
Cerimônia de posse do novo ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho
Cerimônia de posse do novo ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho | Rogério Marinho pretende retomar Minha Casa Minha Vida em maio

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, garantiu que a medida também vai ampliar o número de empregos

novo minha casa
O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

O presidente Jair Bolsonaro deve assinar nesta terça-feira, 25, a medida provisória que vai repaginar o Minha Casa, Minha Vida e promover o Casa Verde-Amarela. O objetivo do governo é inserir mais brasileiros no programa habitacional, permitir a regularização e pequenas reformas em mais de um milhão de unidades. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, afirmou que a política vai atender mais pessoas por causa da redução do valor das mensalidades e diminuição dos juros, sobretudo para as regiões Norte e Nordeste.

Leia também: “Apesar da crise, Brasil ganha 600 mil microempreendedores”

“No Nordeste, contrata-se menos porque a remuneração das famílias é menor. Por isso, baixamos os juros para permitir que a demanda represada possa ser melhor aproveitada”, afirmou em entrevista ao jornal Valor Econômico. Além disso, Marinho observou que, com a redução das parcelas, haverá um acréscimo de 350 mil contratações de imóveis — que saltariam de 850 mil para 1,2 milhão — até 2024. Com essa ampliação, o ministro espera que 2,3 milhões de empregos diretos e indiretos sejam criados no período.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

    1. Excelente mesmo, Renato. Além de juros menores, abrangência para pequenas reformas e regularização fundiária, será um golpe fulminante na esquerda, absolutamente desesperada, principalmente no Norte e Nordeste.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês