Paulo Guedes: ‘Brasil foi derrubado pela pandemia e se levantou’

País teve arrecadação de R$ 445,9 bilhões no primeiro trimestre, um recorde para o período
-Publicidade-
Ministro Paulo Guedes: recuperação mostra capacidade de adaptação das empresas brasileiras
Ministro Paulo Guedes: recuperação mostra capacidade de adaptação das empresas brasileiras | Foto: Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

Em entrevista coletiva realizada ontem, terça-feira 20, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que os resultados da arrecadação de março e do primeiro trimestre de 2021 mostram que “o Brasil foi derrubado pela pandemia e se levantou”.

Conforme divulgou a Receita Federal e reportado por Oeste, a arrecadação federal registrou cerca de R$ 138 bilhões em março de 2021, um crescimento real de 18,5% em comparação com o mesmo mês do ano passado. No acumulado dos três primeiros meses do ano, a arrecadação atingiu um valor recorde para o período: R$ 445,9 bilhões, avançando 5,64% em relação ao primeiro trimestre de 2020.

-Publicidade-

Leia também: “Arrecadação federal registra dois recordes”

De acordo com o ministro, os resultados mostram a recuperação de todos os setores da economia, incluindo um dos mais afetados pela pandemia, o comércio. “Por um lado, o nível da arrecadação prova o avanço da produção. Por outro lado, os índices da atividade econômica superam as expectativas e, ainda de outro lado, o ritmo de geração de empregos na economia formal mostra que o Brasil foi derrubado pela pandemia, se levantou e se recuperou em V, registrando um ritmo expressivo no primeiro trimestre”, afirmou Guedes. Para ele, os programas do governo, como o auxílio emergencial e o crédito para pequenas empresas, foram fundamentais para atravessar a queda do Produto Interno Bruto de 2020, que foi de 4,1%.

“Esse resultado de recuperação forte mostra uma enorme capacidade de adaptação das empresas brasileiras em meio ao tsunâmi da pandemia”, afirmou Paulo Guedes. “As maiores empresas, listadas na bolsa, conseguiram se recuperar e se recompor, registrando aumento de receita, redução de custos e aumento de lucros.” Segundo o ministro, o Brasil vai manter o ritmo de crescimento, desde que haja a imunização em massa da população.

Leia também: “Guedes diz que acordo sobre Orçamento preserva responsabilidade fiscal”

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site