PayPal oferece US$ 45 bilhões para comprar Pinterest

Depois do anúncio, papéis da plataforma de compartilhamento de fotos tiveram aumento de mais de 10%
-Publicidade-
Pinterest pode ser comprado pelo PayPal
Pinterest pode ser comprado pelo PayPal | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O PayPal fez uma oferta de US$ 45 bilhões para a aquisição da plataforma de compartilhamento de fotos Pinterest, informou a agência Reuters nesta quarta-feira, 20. A possível compra deve resultar no aumento do volume de negócios no comércio eletrônico entre empresas de tecnologia financeira e mídias sociais.

O preço supostamente ofertado representa um ganho de mais de 25% em relação ao valor de fechamento da ação do Pinterest na terça-feira 19. Ainda de acordo com a Reuters, o objetivo de PayPal é financiar a transação por meio de ações.

Com o crescimento do e-commerce durante a pandemia de covid-19, a empresa de pagamentos registrou uma elevação de mais de 35% em suas ações. O valor de mercado da companhia é de quase US$ 320 bilhões.

-Publicidade-

Depois da divulgação da notícia da eventual transação, as ações do PayPal caíram cerca de 3,5%. Os papéis do Pinterest, por sua vez, tiveram aumento de mais de 10%, superando os US$ 60. No acumulado deste ano, as ações do Pinterest têm desvalorização de 16%.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.