-Publicidade-

Pequenas empresas terão ajuda de R$ 12 bilhões

Hoje é o prazo final para o presidente Jair Bolsonaro sancionar a medida que injeta recursos no Pronampe
Ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Edu Andrade/Ascom/ME
Ministro da Economia, Paulo Guedes | Foto: Edu Andrade/Ascom/ME

Hoje é o prazo final para o presidente Jair Bolsonaro sancionar a medida que injeta recursos no Pronampe

pequenas empresas
O ministro da Economia, Paulo Guedes, durante cerimônia no Palácio do Planalto
Foto: EDU ANDRADE/ASCOM MINISTÉRIO DA ECONOMIA

A formalização do reforço de R$ 12 bilhões concedido ao Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, o Pronampe, deve ocorrer nesta quarta-feira, 19, no Palácio do Planalto. Vários empreendedores buscaram os bancos no início desta semana, mas deram com a cara na porta. O dinheiro não chegou porque o presidente Jair Bolsonaro precisa sancionar o projeto. O prazo final é hoje.

Quando surgiu, o Pronampe liberou R$ 15,9 bilhões de garantias para os empréstimos das micros e pequenas empresas atingidas pelo coronavírus. Contudo, os recursos acabaram em menos de um mês em razão da alta procura pelo crédito. Dessa forma, o Palácio do Planalto negociou com o Congresso Nacional a transferência de mais R$ 12 bilhões para dar musculatura ao programa.

O remanejamento foi aprovado em 29 de junho pela Câmara. E, segundo as estimativas iniciais do Ministério da Economia, deveria estar disponível nos bancos até o dia 15 deste mês. Contudo, isso não ocorreu. Ainda hoje deve ser sancionada a Medida Provisória 975, que promete liberar mais R$ 10 bilhões de crédito para os pequenos negócios por meio das maquininhas de cartão, informa o jornal Correio Braziliense.

Leia também: Guedes desmente boatos e reitera que fica no governo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês