-Publicidade-

Prefeito eleito de Porto Alegre promete suspender multas de comerciantes

Medida será válida a quem manteve funcionamento durante regras de isolamento
sebastião melo - prefeito eleito de porto alegre - multas de comerciantes

Medida será válida para quem manteve funcionamento durante regras de isolamento

sebastião melo - prefeito eleito de porto alegre - multas de comerciantes
Sebastião Melo é o prefeito eleito de Porto Alegre | Foto: Reprodução/Instagram

O prefeito eleito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), promete suspender as multas impostas aos comerciantes da cidade que desafiaram medidas restritivas em meio à pandemia de covid-19 e mantiveram seus estabelecimentos abertos. O compromisso do emedebista foi registrado antes do segundo turno realizado ontem, domingo 29.

Leia mais: “Manuela D’Ávila amarga terceira derrota em Porto Alegre”

Além disso, o candidato vencedor do pleito na eleição da capital gaúcha falou em vetar proposta para aumento de IPTU tanto para o comércio quanto para residências. “Vamos remeter para a Câmara de Vereadores, nos primeiros dias de janeiro, um projeto cancelando todos os demais aumentos do IPTU”, disse Melo a dias da eleição, informa o site RDC.

Durante a campanha para prefeito, Melo também enfatizou o interesse em evitar regras de confinamento na cidade. Em debates no segundo turno, defendeu a implementação de protocolos, como máscaras e orientação de distanciamento social, mas sem impedir o trabalho dos comerciantes.

Melo foi eleito prefeito de Porto Alegre com 54,6% dos votos válidos no segundo turno. A oponente, Manuela D’Ávila (PCdoB), obteve 46,4%.

___________________________

Receba os principais destaques de política, economia e mundo diretamente na tela de seu aparelho celular. Clique aqui, siga os passos indicados e faça parte da lista de transmissão da Revista Oeste no WhatsApp.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês