-Publicidade-

Prévia da confiança da indústria chega a nível mais alto desde 2011

Indicador da FGV deve subir pelo sexto mês consecutivo em outubro.
Prévia da confiança da indústria da FGV mostra indicador nos níveis de 2011 | Fto: José Paulo Lacerda/CNI/Flickr
Prévia da confiança da indústria da FGV mostra indicador nos níveis de 2011 | Fto: José Paulo Lacerda/CNI/Flickr | confiança da indústria, fgv, outubro, prévia

Indicador da FGV deve subir pelo sexto mês consecutivo em outubro

confiança da indústria, fgv, outubro, prévia
Prévia da confiança da indústria da FGV mostra indicador nos níveis de 2011
Foto: José Paulo Lacerda/CNI/Flickr

A confiança da indústria brasileira deve apresentar alta pelo sexto mês consecutivo em outubro, segundo aponta prévia do indicador da Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira, 21, que mostra que o sentimento do setor atingirá uma máxima em mais de nove anos em meio a melhora na percepção sobre o momento atual.

A prévia da Sondagem da Indústria de outubro subiu 4,0 pontos do Índice de Confiança da Indústria (ICI) em relação a setembro, a 110,7 pontos, nível mais alto desde abril de 2011 (111,6 pontos).

Em nota, a instituição comunicou que “o crescimento da confiança nesta prévia decorre principalmente de melhores avaliações dos empresários em relação ao presente”, com o Índice de Situação Atual se elevando 5,9 pontos, a 113,2 pontos.

O Índice de Expectativas –que analisa a percepção dos empresários em relação ao futuro da indústria—foi alavancado em 2,2 pontos na prévia de outubro, para 108,1 pontos.

Desde maio, a confiança da indústria brasileira apresenta alta constante, o que reflete o alívio dos investidores com a retomada econômica após as restrições para enfrentamento do coronavírus pressionarem a economia no início do ano.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês