Produção de veículos cai 2% em julho e tem pior resultado para o mês em 18 anos

Em relação ao mesmo período do ano passado, o volume produzido caiu 4,2%
-Publicidade-
Falta de componentes eletrônicos compromete a produção de veículos no Brasil
Falta de componentes eletrônicos compromete a produção de veículos no Brasil | Foto: Reprodução/Novida

Dados divulgados nesta sexta-feira, 6, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) mostram que a produção de veículos no Brasil registrou queda de 2% em julho, na comparação com o mês anterior, chegando a 163,6 mil unidades.

Trata-se do índice mais baixo de produção em 18 anos. Em relação a julho do ano passado, o volume produzido caiu 4,2%.

Leia mais: “Renault paralisa operações pela terceira vez neste ano”

-Publicidade-

Nos sete primeiros meses de 2021, o país registrou a fabricação de 1,31 milhão de unidades — alta de 45,8% na comparação com o mesmo período do ano passado, no auge da primeira onda da pandemia de covid-19.

As vendas de carros comerciais leves, caminhões e ônibus tiveram baixa de 3,8% no comparativo mensal e um ligeiro avanço de 0,6% na relação anual, para 175,5 mil unidades, de acordo com a entidade.

Leia também: “Brasil deixa de fabricar 120 mil veículos por falta de chip”

Já o volume de veículos exportados no mês passado foi de 23,8 mil unidades, o que representou uma queda de 29% em relação a junho e de 18,4% na comparação com o mesmo período de 2020.

O setor automobilístico vem sendo duramente atingido pela falta de componentes eletrônicos, em função da escassez global de chips. A crise levou à interrupção da produção em fábricas da Renault e da General Motors, assim como em linhas da Fiat e da Volkswagen, ainda que de forma parcial.

Leia também: “Falta de chips leva Volkswagen a paralisar fábricas de SP e PR por 10 dias”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro