-Publicidade-

Produção industrial despenca 18,8% em abril e tem o pior mês em 18 anos

A produção industrial caiu 18,8% em abril na comparação com março. Esse número é um reflexo das medidas contra a pandemia que começaram em março
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | IBGE Produção industrial

A Pesquisa Industrial Mensal (PIM), do IBGE, aponta também recuo de 8,2% no ano e queda de 27,2% em comparação com abril de 2019

produção - industrial - caiu - abril
Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

A produção industrial do Brasil teve uma queda de 18,8% em abril na comparação com março. Esse número é reflexo das medidas tomadas para controlar a pandemia, que começaram a acontecer naquele mês.

Essa é a maior queda desde o início da série histórica, em 2002. Também é o segundo resultado negativo seguido, com perda acumulada nesses últimos dois meses de 26,1%

Gráfico - IBGE - PIM - Abril
Foto: Divulgação/IBGE

Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal (PIM), divulgada nesta manhã pelo IBGE. Entre janeiro e abril, o setor recuou 8,2%; nos últimos 12 meses, encolheu 2,9%.

Tomado como base o mês de abril de 2019, a queda na produção industrial foi de 27,2%, a mais elevada já medida pela série histórica registrada pelo IBGE.

Veja também: “Em abril, produção industrial cai 11,2% nos EUA”

“O resultado de abril decorre, claramente, do número maior de paralisações das várias unidades produtivas, em diversos segmentos industriais, por conta da pandemia. Março já tinha apresentado resultado negativo. Agora, em abril, vemos um espalhamento, com quedas de magnitudes históricas, de dois dígitos, em todas as categorias econômicas e em 22 das 26 atividades pesquisadas”, afirmou o gerente da pesquisa do IBGE, André Macedo.

O pior recuo aconteceu no setor de de veículos automotores, reboques e carrocerias, que apresentou queda de 88,5%. No mês anterior, o declínio nesse setor já havia sido muito significativo, de 28%.

 

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês