-Publicidade-

Reforma da Previdência: economia chega a R$ 8,5 bi

Valor corresponde a 12 meses; superou as expectativas
Foto: Divulgação/Agência Brasil
Foto: Divulgação/Agência Brasil | Foto: Divulgação/Agência Brasil

Valor corresponde a 12 meses e superou as expectativas

reforma da previdência
Governo Jair Bolsonaro pode comemorar os resultados econômicos
Foto: Divulgação/Agência Brasil

Um ano depois de ser aprovada, a reforma da Previdência dá sinais de que mexer no sistema de aposentadorias foi uma boa medida. A economia nas despesas está maior que a prevista inicialmente. Além disso, a arrecadação com as alíquotas cobradas de servidores federais e de militares das Forças Armadas também cresce mais do que se esperava. A reforma passou a valer em 13 de novembro de 2019. Na sequência, os técnicos enviaram ao Congresso Nacional uma previsão de redução nas despesas do INSS de R$ 3,5 bilhões em 2020. Contudo, a projeção de gastos caiu mais R$ 5 bilhões, acumulando R$ 8,5 bilhões poupados, informou o jornal O Estado de S. Paulo. O governo ainda não atualizou suas projeções para o futuro mas mantém a expectativa de impacto de R$ 800,3 bilhões em dez anos. Até 2030, o déficit se manterá na casa dos 3% do Produto Interno Bruto.

Leia também: “No 3° trimestre, BNDES tem lucro de R$ 8,73 bilhões”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês