Rendimento mensal do brasileiro cai para menor valor em 8 anos, diz IBGE

Recuo entre 2019 e 2020 foi de 3,4%, o mais alto da série histórica
-Publicidade-
Rendimento médio mensal dos brasileiros recuou para o nível mais baixo desde 2013
Rendimento médio mensal dos brasileiros recuou para o nível mais baixo desde 2013 | Foto: Filipe Castilhos

Dados divulgados nesta sexta-feira, 19, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) dão a dimensão do tamanho do impacto causado pela pandemia de covid-19 e, principalmente, pelas medidas restritivas como o lockdown sobre o bolso do trabalhador brasileiro.

De acordo com o levantamento, o rendimento médio mensal do brasileiro teve queda recorde em 2020, passando de R$ 2.292 (em 2019) para R$ 2.213 — valor mais baixo desde 2013 (R$ 2.250, já descontada a inflação do período). O recuo é de 3,4%, o mais alto da série histórica iniciada em 2012.

A maioria das regiões do país foi atingida pela queda no rendimento médio mensal. O recuo foi mais intenso no Sudeste (-4,7%) e no Sul (-4,3%). No Centro-Oeste (-3,3%), a retração foi equivalente à média geral do país. O Norte, por sua vez, registrou alta de 1%.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.