‘Retomada de voos está mais forte do que pensei’, diz presidente da Azul

O executivo John Rodgerson afirma que atualmente a companhia está com mais voos no ar, em comparação com 2019
-Publicidade-
Setor aéreo foi um dos mais impactados pela crise provocada pela covid-19 | Foto: Divulgação/Azul Linhas Aéreas
Setor aéreo foi um dos mais impactados pela crise provocada pela covid-19 | Foto: Divulgação/Azul Linhas Aéreas

O mercado aéreo brasileiro está retomando as operações bem mais rápido do que era esperado. É o que afirmou o presidente da Azul Linhas Aéreas, John Rodgerson, em entrevista à rádio Jovem Pan. “A retomada está mais forte do que eu pensei.”

Segundo o executivo, atualmente a companhia está com mais voos no ar, em comparação com 2019. “Muita gente tinha parado de viajar, e, agora, todos estão retomando ao mesmo tempo”, disse, ao atribuir essa demanda ao avanço da vacinação contra a covid-19 em todo o país.

Em agosto de 2020, o presidente Jair Bolsonaro sancionou o pacote de socorro com medidas para ajudar empresas do setor aéreo a enfrentar a crise provocada pela pandemia de covid-19, ampliando o prazo para reembolso de passagens, empréstimos às companhias, renegociação de outorga, entre outras.

-Publicidade-

“Com certeza ajudou; imagina, um dia a empresa está faturando R$ 1 bilhão no mês e, de repente, no outro dia, zero, e aí você ainda tem que devolver o dinheiro”, explicou. “O governo fez tudo que podia, claro que eu queria mais, como foi feito em outros países do mundo, mas a realidade do Brasil é diferente”, concluiu Rodgerson.

Conforme noticiou Oeste, a demanda por voos em agosto ficou 22% abaixo do índice pré-pandemia. As companhias aéreas transportaram mais de 5,5 milhões de passageiros no mês passado, volume 30% inferior ao registrado no mesmo período de 2019.

Leia também: “Ação da PF desarticula quadrilha de tráfico internacional de drogas”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.