Saiba quais são as 15 cidades brasileiras mais caras para comprar um imóvel

São Paulo e Rio de Janeiro lideram o ranking, conforme levantamento
-Publicidade-
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Há dois anos, São Paulo e Rio de Janeiro permanecem como as cidades mais caras para comprar um imóvel no Brasil, segundo dados do Índice FipeZAP+. As duas regiões registraram os maiores preços médios de metro quadrado em 2020 e 2021.

Em 2020, o valor do metro quadrado na capital paulista valia R$ 9.294. Já em 2021, saltou para R$ 9.708. Na capital fluminense, o preço aumentou de R$ 9.409, em 2020, para R$ 9.650, no ano passado.

Na sequência do ranking elaborado pelo Índice FipeZAP+ de 2021, aparecem as cidades catarinenses de Balneário Camboriú e Itapema, com, respectivamente, R$ 9.358 e R$ 8.856 por metro quadrado. Na comparação com 2020, o valor do metro quadrado de Balneário Camboriú cresceu mais de R$ 1.700.

-Publicidade-

Brasília, Florianópolis (SC), Vitória (ES) e Itajaí (SC) ocupam do quinto ao oitavo lugar da lista. Os valores do metro quadrados variam de R$ 8.788 a R$ 7.909. Do nono ao décimo quinto lugar, os preços vão de R$ 7.748 a R$ 6.386.

Lista completa das cidades mais caras para comprar um imóvel

De acordo com o Índice FipeZAP+ de 2021, as 15 cidades com o metro quadrado mais caro do país:

  • São Paulo
  • Rio de Janeiro
  • Balneário Camboriú
  • Itapema
  • Brasília
  • Florianópolis
  • Vitória
  • Itajaí
  • Barueri (SP)
  • Curitiba (PR)
  • Belo Horizonte (MG)
  • Niterói (RJ)
  • São Caetano do Sul (SP)
  • Recife (PE)
  • Porto Alegre (RS)

A pesquisa foi realizada com base nos classificados de imóveis de 50 cidades do país, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas em parceria com o site Zap+.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.