-Publicidade-

Tecnisa recebe de ‘forma inesperada’ proposta de fusão com a Gafisa

De concorrentes, companhias com atuação no mercado imobiliário podem se unir
Foto: DIVULGAÇÃO
Foto: DIVULGAÇÃO | gafisa - tecnisa - proposta de fusão

De concorrentes, companhias com atuação no mercado imobiliário podem se unir

gafisa - tecnisa - proposta de fusão
Foto: DIVULGAÇÃO

Uma proposta “não solicitada” que chegou de “forma inesperada” ao comando da empresa. É assim que a equipe de relações com investidores da Tecnisa define na tarde de hoje a atitude liderada pela Gafisa. Mais cedo, a Gafisa divulgou comunicado em que formaliza a intenção de “integração do negócio” com a Tecnisa.

Leia mais: “Governo anuncia novas desestatizações”

Ou seja: na prática, a Gafisa tornou público o desejo de realizar processo de fusão com a sua concorrente. Dessa forma, as duas companhias com atuação no mercado imobiliário se tornariam uma só. A responsável pela proposta não apresentou, entretanto, os detalhes da negociação. Não explicou, por exemplo, como ficaria composta a diretoria da eventual nova empresa.

“Potencial de beneficiar acionistas de ambas as companhias”

Sem tais informações, o diretor financeiro e de relações com investidores da Gafisa, Ian Andrade, afirma que a fusão será benéfica para os dois lados. “A Gafisa acredita que uma integração entre os projetos das duas empresas tem o potencial de beneficiar acionistas de ambas as companhias, em especial no atual momento de retomada dos mercados imobiliários.”

Próximo passo

Mesmo pego de “forma inesperada”, o conselho de administração da Tecnisa terá de se movimentar em decorrência da proposta feita. Primeiramente, terá de analisar o modelo de negócio proposto pela concorrente. Depois, independentemente do desfecho, terá de formular comunicado para explicar a decisão ao mercado financeiro e a seus investidores.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês