Equipe econômica quer isenção para dividendos de até R$ 20 mil por mês

Segundo a proposta, valores acima dessa faixa pagariam uma alíquota de 20%
-Publicidade-
Equipe de Guedes propõe tributação de dividendos em 20%, com uma faixa de isenção de R$ 240 mil por ano
Equipe de Guedes propõe tributação de dividendos em 20%, com uma faixa de isenção de R$ 240 mil por ano | Foto: Edu Andrade/Ascom/ME

O Ministério da Economia definiu proposta de tributação de dividendos em 20%, com uma faixa de isenção de R$ 240 mil por ano (R$ 20 mil por mês). Originalmente, a equipe do ministério trabalhava com uma alíquota de 15% sem isenção, com a possibilidade de aumentá-la para 20%. Com a ideia da criação de uma faixa de isenção, a alíquota de 20% ganhou força. Hoje, os dividendos, uma forma de distribuição de lucros, é totalmente livre de tributação.

A cobrança de tributação sobre dividendos tem o objetivo de, tanto financiar a redução do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) de 25% para 20%, quanto ajudar a custear o reajuste das faixas de tributação do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), cujo limite de isenção estava caminhando para ser de R$ 2,4 mil, afirma uma reportagem do jornal Valor Econômico.

Leia também: “Receita Federal prevê pagamento de R$ 25,6 bi em restituições a ‘contribuintes’ do Imposto de Renda”

-Publicidade-

A coordenadora do núcleo de estudos tributários do Insper, Vanessa Canado, ex-assessora do ministro da Economia para a reforma tributária, se preocupa com a possibilidade do modelo desenhado para a tributação de dividendos aumentar a complexidade do sistema. Para ela, fazer com que o limite de isenção siga a tabela progressiva do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) faria mais sentido:

“O que estou propondo é evitar mais uma tabela, mais uma regra. Já que querem dar algum tipo de isenção, adota a que já existe. Não é questão de ser alta ou baixa, mas sim de não criar mais uma regra”, disse.

A proposta para reforma do imposto de renda agora será analisada pelo Palácio do Planalto. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP- AL), afirmou, na semana passada, que espera que o texto seja remetido aos deputados ainda esta semana, na quarta-feira 23.

Leia também: “R$ 295 milhões em restituições do IRPF esperam por seus ‘donos’”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site