Revista Oeste - Eleições 2022

Turismo no Brasil registra crescimento de 50%

Movimentação financeira do setor volta aos níveis pré-pandemia
-Publicidade-
Setor aéreo puxou o crescimento
Setor aéreo puxou o crescimento | Avião Foto: Divulgação/Latam

O faturamento com o turismo no Brasil em abril ultrapassou R$ 15 bilhões. A alta fica próxima de 50%, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Os dados são do Conselho de Turismo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo, divulgados neste mês.

Os feriados de Páscoa e Tiradentes contribuíram para esse crescimento. O transporte aéreo foi o principal estímulo. O segmento registrou um aumento de 160% na comparação anual, alcançando o faturamento de R$ 4,6 bilhões. O resultado se assemelha aos números de abril de 2019 — antes da pandemia por covid-19.

-Publicidade-

Serviços de alojamento e alimentação registraram o segundo maior crescimento, com alta de 56% (R$ 4,5 bilhões). De acordo com o levantamento, contribuiu para este resultado a maior movimentação de turistas com os feriados do mês de abril. Houve a elevação da taxa de ocupação de hotéis, também superando o patamar de 2019.

Atividades culturais, recreativas e esportivas, por sua vez, também registraram alta de quase 22% em abril, alcançando a marca de R$ 1 bilhão. Ainda contribuíram para o resultado positivo de abril, com avanço de pouco mais de 10% (R$ 2,6 bilhões) do segmento de transporte terrestre, que inclui ônibus intermunicipais, interestaduais e internacionais, além de trens turísticos.

O resultado ficou 2% aproximadamente acima do patamar pré-pandemia. As locadoras de automóveis, agências e operadoras de turismo também avançaram 2,5% no mês.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.