Vale perde R$ 3 bilhões com crise de incorporadora chinesa

Evergrande corre o risco de falir
-Publicidade-
O minério de ferro desvalorizou depois da notícia de que a empresa asiática está em dificuldades
O minério de ferro desvalorizou depois da notícia de que a empresa asiática está em dificuldades | Foto: Reprodução/Mídias sociais

A crise na incorporadora imobiliária chinesa Evergrande fez a Vale perder R$ 3 bilhões em valor de mercado. O minério de ferro desvalorizou depois da notícia de que a empresa asiática está em dificuldades.

No Brasil, a possibilidade de quebra da companhia fez o Ibovespa recuar 2,33% e o dólar subir 1,32%, indo a R$ 5,35. Um dos maiores baques foi o dos papéis da Vale, que recuaram 3,3%, aos R$ 83,31.

Com o tombo, a Vale fechou a segunda-feira 20 valendo US$ 78,7 bilhões. São US$ 3 bilhões a menos que os R$ 81,7 bilhões de valor de mercado registrados pela mineradora brasileira na sexta-feira 17.

-Publicidade-

Leia também: “Possível calote da Evergrande faz mercado internacional desabar”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.