Venda de veículos sobe 4,6% em novembro ante outubro

Em relação à 2019, houve uma redução de 7,1% nas vendas de carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus
-Publicidade-

Em relação a 2019, houve redução de 7,1% nas vendas de carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus

Ford
Carro da Ford | Foto: Reprodução/Ford

As vendas de veículos novos no Brasil tiveram em novembro o maior volume do ano, com 225 mil unidades emplacadas, uma alta de 4,6% sobre outubro, recorde anterior de 2020.

-Publicidade-

Na comparação com o mesmo período de 2019, contudo, novembro mostrou redução de 7,1% nas vendas de carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus.

Leia mais: “Mercado vê inflação em 2020 acima do centro da meta”

No acumulado de janeiro a novembro, a queda foi de 28,1%, com 1,81 milhão de veículos vendidos nos onze meses, conforme balanço divulgado nesta segunda-feira, 7, pela Anfavea, a entidade que representa as montadoras instaladas no Brasil.

No segmento de carros de passeio e utilitários leves, como picapes e vans, as vendas do mês passado subiram 4,3% em relação a outubro e caíram 7,4% na comparação com novembro de 2019. No total, 214,5 mil carros saíram das concessionárias no penúltimo mês deste ano.

As vendas de caminhões somaram 9,1 mil unidades, com alta de 15,6% na comparação com outubro e de 0,9% em relação a novembro de 2019.

Os emplacamentos de ônibus — 1,4 mil unidades no mês passado — recuaram 3,8% frente a outubro e 16,6% no comparativo anual.

Produção

Com o maior volume em 13 meses, a produção das montadoras subiu 0,7% na passagem de outubro para novembro, chegando a 238,2 mil unidades, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus. Na comparação com novembro de 2019, a produção de veículos teve alta de 4,7%.

Empregos

Segundo balanço da Anfavea, a indústria automotiva eliminou 640 postos de trabalho no mês passado. Novembro terminou com ocupação de 120,8 mil trabalhadores nas montadoras, 0,5% a menos do que no fim de outubro.

Em novembro de 2019, 126,4 mil pessoas trabalhavam em fábricas de veículos e de máquinas autopropulsadas, como tratores agrícolas e equipamentos de construção.

Exportação

As montadoras exportaram 44 mil veículos no mês passado, um volume 38,6% superior aos embarques registrados no penúltimo mês de 2019.

Em relação a outubro, as exportações de veículos, que têm a Argentina como o principal destino, avançaram 26,2%, conforme balanço divulgado hoje pela associação que representa a indústria nacional de automóveis.

Com informações do Estadão Conteúdo

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro